Espetáculo Major Oliveira no Teatro Gamboa Nova

0

A peça narra a história de um Major abandonado no asilo pelos filhos logo após a instalação da Comissão da Verdade no Brasil e de como ele tenta encontrar o controle sobre a vida. Ao perceber que seu corpo, sua família e a política do país não são mais controladas por ele, se coloca em teste resolvendo perturbar a paz daqueles que o visitam na manhã de domingo onde o espetáculo se passa.

A visita de um enfermeiro e uma Testemunha de Jeová naquele dia levam o Major a tentar bruscamente relembrar seus tempos de torturador durante o Regime Militar. O confinamento no asilo conduz o protagonista da peça a refletir sobre as convicções morais, filosóficas e religiosas tidas durante a vida.

Para o dramaturgo e diretor Daniel Arcades, “o espetáculo estampa a face do opressor e conta uma história de derrota. Estamos acostumados a ver esses indivíduos em situação de poder. Com isso, partimos da falência destas pessoas e o que eles sentem quando não conseguem mais oprimir. É uma história sobre envelhecer”.

Antonio Fábio explica que a personagem tem “todas as características de um ditador: ele é misógino, racista, homofóbico e tudo que se possa pensar sobre preconceito”. “Dar vida ao Major é prestar atenção nos nossos pais, avós, nos coronéis, nas famílias tradicionais”, declara o intérprete.

O espetáculo conta com a contribuição de Ronei Jorge, na Direção Musical, que assina a trilha sonora tensa e soturna. Edeise Gomes assina a direção de movimento e Nando Zâmbia a iluminação do espetáculo.

A equipe promete ocasiões de tensão e de muita reflexão diante das nossas crenças éticas, morais e religiosas.

Serviço:

Teatro Gamboa Nova

De 01 a 30 de Agosto

Todas as quintas e sextas feiras, 19 horas

Classificação etária: 16 anos

Compartilhe.

Sobre o Autor