Resenha do filme: Os Caras de Pau em O Misterioso Roubo do Anel

0

Contextualizando a história
A socialite Gracinha de Medeiros (Christine Fernandes) contrata os atrapalhados seguranças Pedrão (Marcius Melhem) e Jorginho (Leandro Hassum) para tomarem conta do anel Tatu Tatuado de Topázio, uma herança de família, enquanto o objeto fica em exposição em um museu. Porém a jóia é roubada e a dupla é acusada pelo furto. Para provar sua inocência, eles vão ter que enfrentar uma quadrilha de ninjas e até mafiosos portugueses.

A Resenha

“Os Caras de Pau em O Misterioso Roubo do Anel”, com direção de Felipe Joffily, é um longa-metragem que apresenta a história tipicamente nacional, que lembra os velhos programas da Rede Globo, com piadas prontas sem graça, um humor não convincente.

A trama assemelha-se aos besteiróis americanos, com baixa qualidade, em alguns momentos o riso é inevitável nada de muito extraordinário. O filme segue por sequências completamente fora de ordem.

Os atores Jorginho e Pedrão são os responsáveis por grande parte do riso do filme, Jorginho por sua figura fofinha, que cativa a todos, qualquer piada que seja dita por ele é motivo para rir, enquanto isso temos Pedrão uma figura magra com planos mirabolantes e um jeito meio feminino que nos faz rir apenas com “siga o chefe”.

Graças a dupla Marcius Melhem e Leandro Hassum que a trama tem um certo efeito, apesar de todos os erros de direção, tempo e espaço.

Por: Fabiana Santos
Nota: 6,0

Compartilhe.

Sobre o Autor