Reforma trabalhista: confira como votou cada deputado baiano

0

A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira (27) a reforma trabalhista. Dos 38 parlamentares baianos, 19 votaram a favor e 16 contra, três faltaram.

A aprovação aconteceu após a rejeição de dez destaques apresentados pelos partidos de oposição e de partidos da base aliada que pretendiam modificar pontos do projeto (PL 6.786/16) aprovado durante a noite. Os outros destaques que seriam votados nesta quinta-feira foram retirados e o texto segue para o Senado.

Apesar dos apelos da oposição, os deputados rejeitaram por 258 votos a 158, o destaque do PDT que pretendia excluir do texto a possibilidade de contratação contínua e exclusiva de trabalhadores autônomos sem caracterizar vínculo trabalhista permanente.

Votaram contra: Afonso Florence (PT), Caetano (PT), Jorge Solla (PT), Nelson Pellegrino (PT), Robinson Almeida (PT), Valmir Assunção (PT), Waldenor Pereira (PT), Antonio Brito (PSD), José Nunes (PSD), Alice Portugal (PCdoB), Davidson Magalhães (PCdoB), Irmão Lázaro (PSC), Uldurico Júnior (PV), Bacelar (PTN), Bebeto (PSB) e Félix Mendonça~Jr. (PDT).

Votaram a favor: Cacá Leão (PP), Mário Negromonte Jr. (PP), Roberto Britto (PP), Ronaldo Carletto (PP), Claudio Cajado (DEM), Elmar Nascimento (DEM), José Carlos Aleluia (DEM), Paulo Azi (DEM), João Carlos Bacelar (PR), José Carlos Araújo (PR), José Rocha (PR), Márcio Marinho (PRB), Pastor Luciano (PRB), Jutahy Júnior (PSDB), Arthur Maia (PPS), Benito Gama (PTB), Lúcio Vieira Lima (PMDB), Paulo Magalhaẽs (PSD) e Erivélton Santana (PEN).

Ausentes: Daniel Almeida (PCdoB), João Gualberto (PSDB) e Sérgio Brito (PSD).

Compartilhe.

Sobre o Autor