Teatro e Varanda Sesi: Programação semanal de 15 a 21 dezembro

0

VARANDA

15/12 VERLANDO GOMES

Verlando Gomes, Cantor, líder da Banda Flor Serena, que há 16 anos leva o autêntico forró mundo afora, está com um projeto novo – Sarau Nordestino – cantando e declamando de forma intimista a nossa cultura nordestina, trazendo convidados como Xangai, Luiz Caldas, João Sereno, Jota Veloso, Maviael Melo, Raimundo Sodré, transformando a varanda do Sesi num pedacinho de Sertão.

A projeto traz como proposta principal, repaginar clássicos da música nordestina,  eternizados pelos seus intérpretes,  a exemplo de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Trio Nordestino, dentre outros, mostrando  o lado cantador  de Verlando,  convergindo : canto popular,  o lamento da gaita e versos entrecortantes, num  mesmo ambiente sonoro.

Por tratar-se de um cantor de um grupo musical com certo renome, certamente trará grande público formador de opinião, principalmente os amantes da música de raiz.

HISTÓRICO

Verlando Gomes, cantor, compositor e produtor cultural, a 16 anos a frente da Banda Flor Serena contribuiu para o resgate do forró pé-de-serra na Bahia.

Ajudou o segmento a sair da sazonalidade do período junino, promovendo eventos de forró durante todo ano na capital e interior Baiano, inclusive no carnaval, onde leva a sua Rural Elétrica para as ruas de Salvador. Organizou festivais do forró e hoje desfruta de respeito no meio da musica baiana.

Pesquisador da cultura nordestina, envolvido no resgate da música de raiz , organiza saraus de recitais de cordéis, participou do grupo “Os Cantadores” junto com os artistas Celo Costa, João Sereno e Maviael Melo,  é líder e cantor da Banda Flor Serena onde procura manter a tradição  do São João, do samba de roda, da chula e das cantorias de domínio público que ele traz  na sua bagagem desde sua infância na zona rural de Ipirá-Bahia, onde nasceu e cresceu, vivendo e aprendendo com a musicalidade das batas de feijão, reizados, rezas e chulas.

m 2015 em turnê pela europa, recebeu em Viena ( Áustria), o título de Embaixador da Paz da ONU.

Horário: 22 horas
Dias: 15 de dezembro / 2016
Couvert: R$ 20,00

 

16/12 ALEXANDRE LEÃO

Começou sua carreira com o pé direito aos 17 anos. Gravado por, nada menos, que Maria Bethânia. A música se chama PAIOL DO OURO (Alexandre Leão e Olival Matos) e introduziu o cantor, compositor e músico na vida profissional. Na sequência, várias de suas canções também foram interpretadas por outros artistas e POP ZEN (Alexandre Leão, Manuca Almeida e Lalado), em especial, se tornou conhecida na voz de Ivete Sangalo, da Banda Lampirônicos, da Família Caymmi e mais recentemente por Arnaldo Antunes em seu novo cd. No Cinema, Leão colaborou também com trilhas de filmes como “Se eu fosse você” (Daniel Filho) e “Falsa Loira” (Carlos Rocheibach).

 

Horário: 22 horas
Dias:  16, 23 e 30 de dezembro / 2016
Couvert: R$ 25,00
Classificação 16 anos

 

17/12 DIA BRANCO

O show “Dia Branco, o Melhor do Encontro” projeto do grupo Confraria Giramundo está de volta à Varanda do Teatro SESI Rio Vermelho no mês de novembro, aos sábados, sempre às 22h. O projeto homenageia a trilogia “O Grande Encontro”, gravada por Alceu Valença, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo e Zé Ramalho. A proposta são releituras de canções conhecidas, que fazem parte da memória afetiva do público. O show conta com novos arranjos produzidos pelos músicos, Roberto Patiño (Violão e Voz), Diego Santana (Violino), Pedro Nezzo e Márcia Régia (Vocais), com a colaboração de Ricardo Hardmann (Bateria) e Junior Bass Bass (Baixo).

Horário: 22 horas
Dias: 03, 10 e 17 de dezembro / 2016
Couvert: R$ 20,00
Classificação 16 anos

 

18/12 LANÇAMENTO DO LIVRO ADUMBI

O Ogums Toquinhos Adumbi faz parte da programação do Diáspora Renaissance que acontece de 14 à 20 de dezembro. A ação é para lançar o livro Adumbi, segundo livro da Coleção Contos de Mel da escritora Mel Adún. Na programação teremos oficina de cabelo com Mari Penteados, aula de musicalização com Jeison Wilde, show da banda Águas de Sambas (repertório Águinhas), além de intervenções poéticas. A entrada é gratuita.

Horário: 16:30 horas
Dias: 18 de dezembro / 2016
entrada: Gratuita

 

19/12 SEGUNDA DO CHORINHO

O SEGUNDAS DO CHORINHO tem data, hora e local fixos. Acontece em todas as segundas-feiras de 2016, a partir das 20h, na Varanda do SESI Rio Vermelho, quando apresenta grupos e artistas que trabalhem com a genuína música brasileira, o Choro.  Uma verdadeira vitrine do choro na Bahia, com vários grupo convidados, sendo um a cada noite de segunda-feira, a exemplo do Gente do Choro, Casa Verde, Choro Novato, Choro do Uirapuru, Mandaia, Os Ingênuos, entre outros, com vários convidados especiais a cada apresentação, como Bandolla, Vitorio do Trompete, Luiza Britto, Ione Papas, Júlio Caudas, entre tantos outros.

Horário: 20 horas
Dias: Todas as Segundas – feiras de dezembro / 2016
Couvert: R$ 20,00
Classificação 16 anos

 

20/12 ROTA SONS

O #rotasons é um projeto musical desenvolvido em parceria com o SESI onde grupos/artistas do cenário local apresentam sua sonoridade. O projeto acontece semanalmente às terças-feiras na Varanda do Teatro SESI desde Abril de 2011 e desde então já foram realizadas mais de 100 apresentações circulando no espaço 61 atrações. A frente do projeto neste retorno, o músico e compósito Paulo Giron traz artistas locais do cenário independente com apresentações quinzenais.

Horário: 22 horas
Dias: Todas as terças de dezembro / 2016
Couvert: 15,00

 

21/12 SOM NA PRAÇA

“Som na Praça” surgiu de uma iniciativa do conselho de moradores do conj. ACM. (Estrada das Barreiras: Cabula – I). É realizado por músicos, produtores e moradores que residem na comunidade, além de outros parceiros. Sempre levando a boa música para praça do conjunto, tornando esse momento em um grande encontro de amigos e artistas. O projeto tomou uma proporção maior do que o esperado e acabou conquistando centenas de admiradores no bairro e na cidade de Salvador. Para celebrar os quatros anos do projeto, os integrantes levarão essa experiência também para fora do bairro, fazendo assim apresentações todas as quartas na Varanda do SESI no Rio Vermelho.

Horário: 22 horas
Dias: Todas as quartas de dezembro / 2016
Couvert: 20,00 

 

TEATRO

15/12 E 21/12 BESAME MUCHO

O espetáculo Besame Mucho, faz nova temporada no Teatro SESI Rio Vermelho. O texto de Mario Prata, com direção de Marcos Oliveira, Besame Mucho é uma história de amor entre amigos, cercada de desejos reprimidos, frustrações, tensões, encontros e desencontros, em pleno regime militar. Em cartaz nos dias 07, 14, 15, 21 e 22 de dezembro, quartas e quintas, às 20h. Os ingressos custam R$ 15 (meia).

Escrito em 1987 e ambientado no regime militar iniciado em 1964, a peça aborda a “família tradicional brasileira” do período. Nesse contexto, a obra desnuda, com humor e “sem censura”, questões ligadas ao sexo, à política e à religião. Como revelou Mário Prata, Besame Mucho é uma história sobre ternura entre amigos, algo que ele chamou de “homoternurismo”, sem as quatro paredes.

Em cena, Isaac Ribeiro, Taric Marins, Raissa Xavier, Cássia Domingos, Lorena Bastos e Gabriel Gonçalves. A maquiagem é de Marie Thauront, o figurino de Léo Terra e Cássia Domingos, a trilha sonora de Leo Rocha e coreografias de Simone Bomfim. Já a assistência de direção é de, Daniel Vinicius. O espetáculo é realizado pela Companhia Total de Teatro.

Horário: 20 horas
Dias: 07, 14, 15, 21 e 22 de Dezembro / 2016
Ingressos: R$ Inteira 30,00 Meia 15,00

 

16/12 SOZINHA

CHEGANDO! SOZINHA.

Convidamos vocês para um lindo mergulho de amor, sonhos, memórias e histórias que nos aproximam um pouco do universo das mulheres do norte de Portugal.

Um espetáculo teatral criado com muito amor pelos amados e talentosos: nosso João Guisande em sua primeira encenação, e Elsa Pinho, atriz portuguesa, brilhando no palco. SOZINHA teve a sua estreia em terras lusitanas e para nossa alegria, agora pousa em Salvador em APENAS DUAS APRESENTAÇÕES!

Quando a solidão atravessa, as memórias ganham corpo e reclamam a sua vida, a sua história. Sozinha é um espetáculo que traz as mulheres do norte de Portugal em destaque. Suas histórias, memórias e sonhos.

O espetáculo nasce na vontade da atriz de falar da gente de sua terra, de levar para a cena “personagens” do seu cotidiano, revelar histórias da sua infância e outras reais inventadas. Trata-se de um mergulho no imaginário desse norte de Portugal que é sua essência e bravura, tão feminina. Sozinha é o encontro com a solidão em um lugar sem tempo.

Horário: 20 horas
Dias: 16 de Dezembro / 2016
Ingressos: 30,00 (INTEIRA) e 15,00 (MEIA)

 

19/12 QUADERNA, O ENCANTADO

Uma história sobre reinos encantados, conquistas, batalhas e lutas pela coroa do Reino no Sertão do Brasil.

Quaderna, O Encantado uma montagem teatral de cunho sertanejo, medieval e armorial, com base nos fatos que marcaram o movimento sebastianista. A trama do espetáculo está ligada aos acontecimentos históricos ocorridos no Sertão de Pernambuco que resultou no massacre de mais de cinquenta fiéis ligados a um líder messiânico.

Durante três anos, de 1835 a 1838, uma comunidade com cerca de mil pessoas se estabeleceu próximo a duas pedras de 30 e 33 metros que diziam que eram mágicas e que o lugar era o Reino Encantado do Sertão. As crenças eram baseadas nas pregações de João Ferreira, autodenominado Rei Dom João II, O Execrável, que dizia que o mitológico rei português Dom Sebastião (morto no século 16 em batalha contra os mouros) desencantaria ali naquelas pedras encantadas que lembravam torres de um castelo, revivendo, assim, a lenda lusitana do rei que retornaria para restaurar a soberania do Império português e livrar o povo das mazelas, distribuiria riqueza e terras, enriqueceria os pobres e libertaria os negros da escravidão.

O sangue dos fiéis derramado nas Pedras, pregava o líder dos sebastianistas, abriria caminho para o “desencantamento” do Rei. A espera terminou com a tragédia que ficou conhecida como o Massacre da Pedra Bonita.

Horário: 20 horas
Dias: 19 DE DEZEMBRO / 2016
Ingressos: 30,00 (INTEIRA) e 15,00 (MEIA)
Compartilhe.

Sobre o Autor