JINGOBEL uma comédia de sucesso no Teatro Sesc Casa do Comércio

0

Do mesmo autor de peças aclamadas como “Quem Matou Maria Helena”; “O Indignado – parceria com Djaman Barbosa”; “O Sumiço da Santa” e “Vixe Maria! Deus e o Diabo na Bahia – em parceira com Cacilda Povoas e Gil Vicente Tavares”, a comédia JINGOBEL, do premiado autor Cláudio Simões, fará curta temporada no Teatro SESC Casa do Comércio. As apresentações acontecerão sempre às sextas-feiras de janeiro, fevereiro e março de 2015, sempre às 21 horas. Os ingressos custam R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia) e estão à venda na bilheteria do teatro, nos balcões Ticketmix e no site Compreingressos.com.

Com um texto envolvente e repleto de passagens hilárias, JINGOBEL é, sem sombra de dúvidas, uma das melhores comédias já produzidas na Bahia. A peça conta a história de uma solteirona que é abandonada por seu amante e tem seu relacionamento inesperadamente rompido por telefone. Deprimida e dominada pela fúria, ela acaba por transformar duas visitas inesperadas em reféns. Durante toda a noite, essas três mulheres passam por situações cômicas e mais que absurdas.

No elenco, os atores Luciano Freire, Wagno Matos, Wilson Macêdo e Leonardo Teles – recentemente premiado no Festival Nacional Ipitanga de Teatro – dão um show de atuação. A direção é do ator, diretor e produtor Márcio Sherrer (que interpreta a Madame Katchup na clássica comédia baiana “Graxeira, Graças a Deus!”).

O texto provoca risos, mas, também reflexão. Em suas obras, Simões tem procurado registrar uma Salvador urbana, contemporânea e com forte identidade cultural. Seus textos também são marcados por uma crítica sutil à nossa classe média, o que contribui para ampliar o imaginário artístico sobre a capital baiana.

Compartilhe.

Sobre o Autor