Fortuna deixada por Prince inclui barras de ouro avaliadas em US$ 840 mil

0

A fortuna deixada por Prince, morto em abril de 2016, ainda é um mistério que só agora começa a ser revelado. O que se sabe é que ele tinha muito patrimônio acumulado e, à medida e que o inventário vem sendo feito, traços da personalidade excêntrica que fizeram parte da fama do artista se confirmam. Segundo o jornal Star Tribune, Prince tinha uma coleção de 67 barras de ouro no valor de US$ 840 mil.

Ele teria ainda propriedades no valor de US$ 25,4 milhões, enquanto apenas quatro de suas empresas – Paisley Park Enterprises Inc., NPG Records Inc., NPG Music Publishing e LotusFlow3r – tinham quase US$ 6 milhões em caixa na época de sua morte.

Tudo isso sem falar no catálogo de álbuns do músico ou nos valores potenciais de material inédito, que ele também deixou em demasia. Prince disse à sua irmã, Tyka Nelson, pouco antes de morrer, que gostaria de ser reconhecido como um dos compositores mais profícuos de todos os tempos.

Existem ainda vários processos por direitos autorais em andamento, que podem modificar o valor final. Prince era conhecido por não lidar bem com o mundo digital e proibia a reprodução de suas canções em sites como YouTube. Estima-se que os valores finais fiquem entre US$ 100 milhões e US$ 300 milhões.

Quando o inventário for finalizado, a fortuna de Prince deve ser dividida entre a irmã dele e os meio-irmãos Sharon Nelson, Norrine Nelson, John Nelson, Omarr Baker e Alfred Jackson.

Fonte: Bahia.ba

Compartilhe.

Sobre o Autor