Benefícios do azeite de oliva

0

O azeite de oliva tem ganhado o paladar das pessoas, e ultimamente vem sendo bastante utilizado nas preparações. Este azeite é, na verdade, um óleo extraído da azeitona, que é fruto da oliveira, e pode ser encontrado em alguns tipos, sendo considerado azeite de oliva apenas se for extraído exclusivamente a partir da azeitona, sem misturas.

Dentre os tipos temos, o azeite extravirgem: acidez não superior a 1% (sendo a melhor opção, pois possui mais fotoquímicos que têm propriedades antioxidantes), azeite virgem: acidez não superior a 2% e azeite virgem corrente: acidez não superior a 3,3%.

O azeite de oliva possui inúmeros benefícios para a saúde, dentre eles, podemos citar: regula o colesterol, diminui o risco de câncer, protege o coração e o cérebro, ajuda a emagrecer, fortalece os ossos, previne e combate o diabetes e diminui a dor.

O azeite é rico em gorduras monoinsaturadas, antioxidantes como polifenóis, vitamina E, vitamina K. Atua ainda como antiinflamatório, evita a oxidação celular, e age no processo de coagulação sanguínea.

Normalmente recomenda-se duas colheres de sopa por dia (30 gramas), e é ideal que o azeite seja a fonte de gordura da dieta, usando-o no lugar de outros óleos e gorduras que não possuem as mesmas propriedades benéficas que ele.

Ainda há muitas dúvidas sobre aquecer ou não o azeite de oliva, portanto, o mais recomendado é não expor a altas temperaturas e usa-lo in natura, nas finalizações dos pratos, em legumes cozidos e saladas.

Compartilhe.

Sobre o Autor

Nutricionista Francyne Souza CRN5 7834/P, graduada pela Faculdade Nobre de Feira de Santana. Pós-graduanda em Fisiologia do Exercício-Prescrição do Exercício, possui curso de extensão em Analise físico-quimica dos alimentos. Experiência em atendimentos, principalmente com adolescentes e jovens adultos, e em fábrica de alimentos, elaboração de manual de boas práticas de fabricação.