Anitta se defende sobre declaração polêmica no Altas Horas

0

A discussão entre Anitta e Pitty no programa Altas Horas movimentou as redes sociais durante a semana. Com os ânimos menos exaltados, a cantora voltou a se pronunciar sobre liberdade sexual e disse ter se expressado mal. À época, Anitta disse que “a mulher precisa se dar o respeito” porque comportamentos ousados “dão margem para o homem achar coisa X ou Y para a mulher”. A roqueira debateu: “o homem é quem está errado. Ele não tem que achar nada”.

Anitta explicou o que quis dizer e negou que tenha qualquer briga com Pitty. “Os comentários não me incomodam. Eu li algumas coisas do que falaram, não muito, mas acredito que a internet está aí para isso. E às vezes a galera acaba levando os assuntos para um lugar que não aconteceu, para conseguir audiência. Eu não briguei com a Pitty. Eu amo ela e sou fã. Ela me deu o CD dela, a gente conversou antes e depois da gravação. Ela é uma pessoa incrível e concordo com tudo que ela falou. Me interpretaram errado ou me expressei mal porque, imagina. Eu canto que o homem não pode sacanear a mulher. Que ela é poderosa e incrível. E eu canto um ritmo em que a mulher se impõe”, afirmou em entrevista ao Terra.

Em seguida, ela brincou com a situação. “E concordo com a Pitty, com o que ela disse. E não seria maluca de cantar uma coisa e falar outra, ou fazer uma coisa e falar outra. Já falei em outro programa de televisão que não concordo em para o homem ser ˜tudo lindo`e para a mulher ser `tudo feio`, não acho isso certo. Foi mais uma falta de conclusão no assunto, porque não consegui terminar e de interpretação”.

Fonte: Correio

Compartilhe.

Sobre o Autor